• Cápsula do Tempo Eventos

Relato da noiva: ‘Diferente da foto e do vídeo'

Atualizado: Mai 22


Receber mensagens como esta nos faz entender que estamos no caminho certo. Isso porque reviver o dia do casamento é simplesmente incrível, não é mesmo!? Agora, imagina fazer com que os convidados também experimentem essa recordação é algo ainda mais especial.

A frase que abre o nosso texto da semana é de uma das noivas que tivemos a oportunidade de eternizar o dia do casamento em 2019. É a Renata Cunha Faust, de 33 anos, assessora e casada com o empresário Ricardo Casagrande Faust, de 31 anos. Eles se casaram em 09 de novembro, em Curitiba. Um dia marcado por muito amor e alegria!

Vamos para a história dos dois…

Esse casal é a prova de que o destino sempre vai dar um jeito de unir os corações que se completam. E nada pode atrapalhar, hein… Nem mesmo uma recusa de namoro com alguém que se tornaria o grande homem de sua vida. É isso mesmo!!! Antes de construírem uma história muito especial, a Renata entregou um “NÃÃÃO” para o Ricardo no primeiro pedido de namoro feito pelo empresário.

Eles se conheceram em uma casa de shows localizada em Curitiba, na ocasião estavam participando do aniversário de uma amiga em comum. Na sequência, outros encontros aconteceram. E… o Ricardo, apaixonado, já queria engatar um namoro. Mas, a Rê, naquele momento, não aceitou o pedido.

“Ele me pediu em namoro, eu disse não. Que não estava preparada para namorar, que eu não queria algo muito sério. Então, a gente continuou a ficar por um tempo. Até que ele me pediu em namoro de novo, aí eu falei sim. E hoje em dia, eu me arrependo por ter falado não na primeira vez. Foi tudo tão maravilhoso, que eu deveria ter dito sim, já na primeira vez”.

Derrota para o Brasil e vitória para… o Ricardo hahahaha

Foi na Copa de 2014 que os dois se conheceram, mesmo ano em que o Brasil tomou o inesquecível “7×1” da Alemanha. Dias ruins para a nossa seleção, mas para o nosso casal foi o início de uma grande história de amor.

“Nós começamos a ficar em 2014, na época da copa. Eu lembro bem que no jogo do 7×1 a gente estava junto. Então, estávamos com rostos pintados, em vários momentos saímos pintados e voltávamos com a cara toda borrada. E dava muito na cara, mas a gente não assumia para os amigos”.

O que a copa uniu nada separa. O grande dia do casamento foi marcado por chuva e muita tensão. Além do casamento da Rê e do Rica, uma segunda Renata se casaria na sequência, na mesma igreja, com um marido de nome Renato, que é muito parecido com o do Ricardo, nosso noivo. E isso causou a maior tensão no grande dia!

“Tem uma curiosidade do dia que é bem louca. A igreja onde a gente casou, a do Bom Jesus no Cabral, casou eu às 19h e na sequência às 20h um outro casal. Eu lembro que morria de medo do padre se confundir na hora, já que eram duas Renatas, e os noivos tinham nomes parecidos, Ricardo e Renato. Eu estava com muito medo. E eu só relaxei durante a cerimônia quando ouvi o padre falar o nome certo de verdade”.

Gente, que tensão kkkkkkkkkk Tadinha!

Depois, o alívio! A festa foi maravilhosa e muito divertida, para os noivos e para os convidados. E a gente, claro, estava lá.

Mais uma vez, a Cápsula do Tempo chegou aos noivos como um presente

“Na verdade, a gente nem conhecia o serviço. Pouco menos de 15 dias antes do casamento, o Patrick, amigo do Rica, entrou em contato e falou que ia dar de presente pra gente. A gente quis, lógico, a ideia foi muito legal. E foi muito engraçado porque ela veio como um presente de casamento”.

A Cápsula, diversão aos convidados e expectativa no pós casamento

A Rê nos contou que se recorda da experiência dos convidados com a gente. “Eu lembro que no casamento via as pessoas indo na Cápsula do Tempo, falando e se divertindo. Então, eu, como noiva, lembrar de ficar vendo as pessoas gravando vídeos, isso me gerou uma expectativa. Hoje, fico pensando: o que será que eles estavam falando?”, disse ela sobre o período de espera do material pós casamento.

E tem mais…

Ela disse que depois do casamento, a diversão se estendeu com a expectativa dos convidados. “Depois do casamento, as pessoas falam ‘você já viu o meu conselho?’ Olhe, não escute na frente do Rica”.

O mesmo aconteceu com os amigos do Ricardo que também aproveitaram a Cápsula do Tempo para gravar mensagens curiosas e divertidas. “Muitos amigos do Rica também disseram: ‘Você já escutou o meu conselho? Ignora o que eu falei, falei besteira’. Então, é muito engraçado porque gera uma expectativa na gente e nos convidados que querem saber como foi a entrega. É muito legal essa interação que acontece no casamento e no pós!”, finalizou a Rê.

Rê, e a entrega? Conta pra gente a experiência?

“A gente já recebeu alguns materiais e foi bem legal, leva a gente de volta para aquele momento. E todo o material que eu recebo, eu envio para a pessoa. E é muito legal porque a pessoa já não lembra mais e ela revive com a gente. Diz: que saudade daquele dia! Diferente da foto e do vídeo, que fica só pra gente, a Cápsula do Tempo permite que o convidado reviva o dia do casamento também”, disse ela.

Olha a nossa noivinha se divertindo com a Cápsula ♥


3 visualizações0 comentário